Sucesso na Implementação do BSC em Organizações Públicas e Privadas

19,90 

NOVIDADE

JÁ DISPONÍVEL PARA ENVIOS

A ferramenta de gestão do Balanced Scorecard (BSC) é intitulada, como capaz de alinhar e comunicar a transversalmente. Através do BSC, os gestores têm a capacidade de acompanhar o desempenho de curto e longo prazo, indicadores de resultados (ocorrência), como também dos indicadores de tendência.

Esta obra consiste num guia de implementação da ferramenta, identificando, passo a passo, através de exemplos práticos, todas as fases de implementação. Através da exemplificação de casos de sucesso, todas as organizações poderão ser casos de sucesso, independentemente da sua área de atividade.

Descrição

JÁ DISPONÍVEL PARA ENVIOS

O atual ambiente competitivo e turbulento, circunscreve um cenário macroeconómico exigente, despoletador de rápidas mudanças e adaptações. Esta necessidade, de adaptação às mudanças força os gestores a manterem as suas organizações competitivas, com vista a preservarem o sucesso e desempenho desejado.

Contudo, este desempenho desejado, é frequentemente confundido com um desejo utópico – o que é o desempenho desejado? Em primeira instância surge a identificação da atual posição da organização face à sua concorrência ou papel na sociedade. O que pretende servir e quem? Como pretende atingir o seu objetivo? Como é possível medir o alinhamento do estado atual e comparar o estado estratégico definido? Todas estas questões pairam na mente dos gestores, fazendo com que todos os dias se encontrem numa procura incessante em torno de ferramentas capazes de os auxiliarem na gestão.

Autor

Ana Pinto Borges

Ana Pinto Borges doutorou-se em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto, em 2009. Desde 2010, é Professora Coordenadora no ISAG - European Business School. É coordenadora Cientí ca do Centro de Investigação em Ciências Empresariais e Turismo da Fundação Consuelo Vieira da Costa (CICET – FCVC), desde 2021, tendo coordenado o Centro de Investigação do ISAG entre 2015 e 2021. É investigadora no Centro de Investigação em Organizações, Mercados e Gestão Industrial (COMEGI) desde 2018. É autora de diversas publicações de artigos e capítulos de livros indexados nas principais bases de dados bibliográ cas (WoS - Clarivate Analytics e Scopus). Tem vindo a publicar, também, livros de âmbito internacional e nacional, nomeadamente “Enhancing Sustainability Through Non-Financial Reporting”, “New Techniques for Brand Management in the Healthcare Sector”, “Building Consumer-Brand Relationship in Luxury Brand Management”, “Gastronomy, Hospitality, and the Future of the Restaurant Industry” e “Marketing Aplicado à Moda Portuguesa”. Tem participado, com apresentações e como membro de comissões cientí cas e organizadoras, em diversos congressos/conferências e workshops, nacionais e internacionais. É editora e um dos membros fundadores do European Journal of Applied Business and Management (EJABM) e do Eurasian Business Review. Tem orientado diversos trabalhos nais de mestrado e doutoramento. É economista na Entidade Reguladora da Saúde desde 2010, com a principal função de realizar estudos setoriais e emitir pareceres no âmbito do acesso, qualidade e concorrência no sector da Saúde, e ex-consultora da Accenture na área nanceira.
Ana Pinto Borges

Carlos Plácido

Carlos Manuel Fernandes Plácido, Contabilista Certificado, desde o ano de 1992. É Professor Adjunto no departamento de Gestão, especialista em Controlo Financeira, na Universidade Politécnica do Cávado e Ave, Leccionando desde o ano de 2008. Formador e autor de diversos manuais para a Ordem dos Contabilistas Certi ficados. Membro da Comissão de Certificação de Controlo de Qualidade da OCC. Consultor de Empresas do Setor Público Empresarial Local. Membro do Conselho Fiscal diversas empresas. Autor de vários estudos de viabilidade económica e financeira para o setor dos transportes públicos de passageiros.
Carlos Plácido

Cidália Oliveira

Cidália Oliveira é doutorada em Ciências Empresariais pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Tem experiência de docência em instituições públicas e privadas, tais como Universidade do Minho, IEES e ISAG. É, atualmente, professora assistente do IEES. Pertence ao núcleo de investigação do REMIT da Universidade Portucalense (Porto, Portugal). Os seus principais projetos de investigação, neste momento, estão relacionados com Inovação, Target Costing, Implementação de Balanced Scorecard, Cultura Organizacional e Liderança. Cidália realiza investigação em áreas da Contabilidade, Inovação, Gestão Estratégica e Desempenho Organizacional. É revisora de revistas Scopus e ISI. Tem participado em conferências internacionais, workshops e aulas abertas. Possui notável experiência em organizações multinacionais, no Controlo de Gestão, Planeamento, Estratégia e Comunicação. Atualmente desempenha funções como FP&A EMEA Manager de uma organização norte- americana. É atualmente, professora convidada da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, Braga, e professora assistente do IEES.
Cidália Oliveira

Margarida Rodrigues

Margarida Rodrigues é professora adjunta na ESTF e coordenadora da Licenciatura em Gestão, é licenciada em Organização e Gestão de Empresas pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (1989); Pós-graduada em Contabilidade Financeira Avançada (ISCTE) 1999; Mestre em Gestão pela Universidade da Beira Interior (2016); Doutorada em Gestão pela Universidade da Beira Interior (2019). Membro integrado do CEFAGE UBI. Com artigos publicados em diversas revistas indexadas na ISI e na Scopus. Seus interesses de pesquisa incluem redes, cidades inteligentes, cidades criativas, empreendedorismo urbano e outros tipos de empreendedorismo, metodologias de investigação científica. Outras áreas de interesse são a RSE, a indústria de mineração e sistemas de controle de gestão, capital intelectual, multinacionais, COVID-19 e outros temas relacionados à gestão e aos negócios. Adicionalmente, atua como investigadora em projetos com universidades internacionais sobre recursos humanos e sustentabilidade.
Margarida Rodrigues

Mário Franco

Mário Franco é Professor Associado com Agregação no Departamento de Gestão e Economia da Universidade da Beira Interior (UBI) e investigador do CEFAGE-UBI. Doutoramento em Gestão pela UBI, com especialização em Cooperação Empresarial. Em 1997, frequentou o European Doctoral Programme in Entrepreneurship and Small Business Management in Barcelona (Espanha) e Vaxjo (Suécia). Faz parte do conselho editorial de revistas de Gestão e é autor e co-autor de vários artigos publicados em journals com arbitragem científica internacional, tais como Long Range Planning, Management Decision, R&D Management, European Journal of International Management, entre outros. Áreas de investigação: alianças estratégicas, empreendedorismo, redes inter- organizacionais e gestão de PME.
Mário Franco

Ricardo Pereira

Ricardo Jorge Pereira, 46 anos, licenciado em Auditoria pelo Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP) e Pós-graduado em Finanças e Fiscalidade pela Faculdade de Economia do Porto (FEP). É Revisor Oficial de Contas, inscrito na Ordem dos Revisores O ciais de Contas com o n.o1536 e na CMVM com o n. o20161146. É sócio da sociedade RICARDO PEREIRA e ASSOCIADOS – SROC, LDA. A sua atividade profissional centra- se na auditoria e revisão oficial de contas a diversas empresas e outras entidades (Municípios, Associações, entre outras), peritagens judiciais e avaliações de empresas e negócios. Professor Adjunto convidado no Instituto
Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP), onde leciona as disciplinas de Contabilidade Geral, Contabilidade Financeira e Ética e Deontologia, na licenciatura em Contabilidade e Administração. Professor Adjunto convidado no Instituto Superior de Administração e Gestão (ISAG), onde leciona a disciplina de Auditoria, no mestrado em Gestão de Empresas. É também Revisor-Coordenador, nomeado pela Comissão de Estágio e Controlador-Relator, nomeado pela Comissão de Controlo de Qualidade da Ordem dos Revisores O ciais de Contas (OROC). Simultaneamente é também Mediador de Recuperação de Empresas (MRE) inscrito nas Listas Norte e Centro do IAPMEI.
Ricardo Pereira

Rui Silva

Rui Silva é doutorado em Gestão pela Universidade da Beira Interior (Covilhã - Portugal). É professor auxiliar de Contabilidade, Contabilidade de Gestão e Finanças na UTAD. Desenvolve investigação sobre Contabilidade, Gamificação em Contabilidade, Parcerias Universitárias, Gestão Estratégica; Sistemas de Qualidade; Comunicação Escrita e Oral dos Estudantes de Contabilidade no CETRAD (Centro de Estudos de Desenvolvimento Transdiciplinar, https://www.cetrad.utad.pt/) da UTAD. Realizou trabalhos de investigação de campo em Universidades (UTAD e Almeria) e Instituto Politécnico (Porto) sobre Contabilidade e Finanças. Foi premiado em 2018 com o melhor projeto de investigação no Consórcio In Doctoral - Universidade de Évora. Foi galardoado em 2018 com o prémio de melhor comunicação em conferência no XX Seminário Hispano Luso de Economia Empresarial. Huelva, Espanha. Em 2019 foi premiado com o melhor artigo III Fórum Internacional de Gestão - Criação de Valor e Património Local. No mesmo ano foi galardoado com o melhor artigo no XX Seminário LusoEspanhol de Gestão Científica. Bragança, Portugal. É revisor em várias revistas internacionais Scopus e JCR.
Rui Silva

Informação adicional

Peso 0,3 kg
Dimensões (C x L x A) 241 × 147 × 10 mm
ISBN:

Edição:

Dimensões:

Local/ Ano:

Páginas:

Idioma:

Encardenação:

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Sucesso na Implementação do BSC em Organizações Públicas e Privadas”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *