Sinopse

Estamos perante um livro de uma total e até, poderíamos dizer, dramática actualidade que liga a terrível e progressiva realidade da pandemia da SIDA com as possibilidades informativas e preventivas dos meios de comunicação (…) Mas é muito mais que isto, estamos perante uma janela que se abre à compreensão do fenómeno da SIDA e às potencialidades da comunicação televisiva, como instrumento eficaz de informação, prevenção e formação (…) Têm, pois, perante vós um livro não só de interesse científico, conceptual e metodológico, situado nas áreas da comunicação, mais concretamente da publicidade, da saúde e da educação (…) Isto é, os comunicadores encontrarão aqui modelos, teorias, conceitos e conhecimentos que deveriam ser tidos em conta nos seus processos criativos, ao desenharem campanhas publicitárias de informação e prevenção da SIDA, ou seja, o que é indispensável saber para definir, programar, desenhar uma campanha de publicidade e depois avaliar o seu efeito do prefácio – José Ortega Esteban (Catedrático e Director de Ciências da Educação da Univ. Salamanca).

Brand

Orquídea Lopes

Licenciatura em Filosofia - Universidade de Coimbra. Mestrado em Sexualidade e relações interpessoais e Doutoramento em Ciências da Educação - Universidade de Salamanca. Professora de Filosofia e Psicologia na Escola Secundária de Seia.
OrquideaLopes
Peso 0.3 kg
ISBN:

Edição:

Local/ Ano:

Páginas:

Idioma:

Dimensões:

Encardenação:

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “SIDA – Os media são deuses de duas cabeças”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Seja um Autor PsicoSoma!

Com mais de 50 títulos técnicos editados, a sua obra pode fazer parte de um leque de referência a nível nacional!