Os tipos de neurónios existentes no cérebro são definidos pela atividade genética moldando assim os seus padrões de comunicação

Um novo estudo celular relata a base genética-molecular dos tipos de células neurais. O estudo relata que famílias de genes que codificam proteínas envolvidas na neurotransmissão definem os neurónios determinando a quais células eles se conectam e como se comunicam.

Em grande passo ao nível da investigação, os cientistas do Laboratório Cold Spring Harbor (CSHL) publicam hoje em Cell uma descoberta sobre a base genética-molecular dos tipos de células neuronais. Os neurónios são os blocos básicos de construção que conectam os circuitos cerebrais que sustentam as atividades mentais e o comportamento. O estudo, que envolve a sofisticada análise computacional das mensagens transcritas de genes que estão ativos em um neurónio, aponta para padrões de comunicação célula-a-célula como a característica central que possibilita distinções rigorosas entre os tipos de neurónios no cérebro do rato.

NeuroniosArtigo completo em http://neurosciencenews.com/gene-activity-neurons-7537/

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

2 + seventeen =

Envios em 48H para todo o país! Ignorar

Help-Desk