Os tipos de neurónios existentes no cérebro são definidos pela atividade genética moldando assim os seus padrões de comunicação

Neuronios

Os tipos de neurónios existentes no cérebro são definidos pela atividade genética moldando assim os seus padrões de comunicação

Os tipos de neurónios existentes no cérebro são definidos pela atividade genética moldando assim os seus padrões de comunicação 750 291 Julien Diogo

Um novo estudo celular relata a base genética-molecular dos tipos de células neurais. O estudo relata que famílias de genes que codificam proteínas envolvidas na neurotransmissão definem os neurónios determinando a quais células eles se conectam e como se comunicam.

Em grande passo ao nível da investigação, os cientistas do Laboratório Cold Spring Harbor (CSHL) publicam hoje em Cell uma descoberta sobre a base genética-molecular dos tipos de células neuronais. Os neurónios são os blocos básicos de construção que conectam os circuitos cerebrais que sustentam as atividades mentais e o comportamento. O estudo, que envolve a sofisticada análise computacional das mensagens transcritas de genes que estão ativos em um neurónio, aponta para padrões de comunicação célula-a-célula como a característica central que possibilita distinções rigorosas entre os tipos de neurónios no cérebro do rato.

NeuroniosArtigo completo em http://neurosciencenews.com/gene-activity-neurons-7537/

Deixe uma resposta