NeuroEducação?

O aparecimento e desenvolvimento do conhecimento e tecnologias de Neurociência Cognitiva ganharam força nos últimos anos.

O que é a NeuroEducação?

Surge com este desenvolvimento uma nova área de conhecimento – a Neuroeducação, que nos oferece uma abordagem diferente ao conceito de aprendizagem.  Esta área do saber auxilia ao desenvolvimento de estruturas funcionais e redes neuronais de aprendizagem e a aperfeiçoar as operações das matrizes cognitivas, como, por exemplo, as estratégias de memorização.

Assim, através do conhecimento da forma como funciona o cérebro humano é possível promover e potenciar a capacidade de cada indivíduo.

O processo de aprendizagem é imprescindível em todas as etapas da vida humana e tem vindo a desenvolver-se ao longo da evolução humana. A Neurociência mostra que aliar-se à educação é uma forma de aumentar a efetividade e eficácia do ensino através da aplicação do conhecimento do Sistema Nervoso Central onde tudo ocorre (comportamento, pensamento, emoção e movimento). Isto pode oferecer melhorias na qualidade de vida da sociedade, como soluções para diversos transtornos e doenças, mas, também para problemas educacionais.

Os avanços tecnológicos e o aumento das investigações em neurociência cognitiva têm levado os investigadores a descobrir como são feitas as ligações neuronais que tornam possível a aprendizagem, levando a conceitos de plasticidade cerebral (processo adaptativo dando ao indivíduo possibilidades de aprender). A Neuroeducação é um campo do saber interdisciplinar pelo que combina neurociência, psicologia e educação e cria métodos e técnicas de ensino e aprendizagem que são mais adequados e eficazes para o indivíduo, isto é, torna mais fácil a transmissão de alguma coisa ao recetor. Desta forma, este recetor processa essa informação de forma facilitada o que ajuda no processo de aprendizagem.

Tendo vindo a exacerbar-se a necessidade da mudança de métodos de ensino e das práticas de ensino dos professores, a neurociência, que oferece um entendimento do cérebro e a sua estimulação, terá, com certeza, um papel nessa renovação de práticas e métodos para uma maior efetividade e eficácia no processo de aprendizagem.

O que é a Neuroeducação

Grupo Tiradentes. Brasil. [DATA DE CONSULTA: 2019-03-25 13:40:32] Disponível na Internet: https://eventos.set.edu.br/index.php/enfope/article/viewFile/1877/777

Mateus, Cátia. (2016). Programa de Estimulação em Neuroeducação – Nível I e II. Viseu, Psicosoma.

 

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

19 − nineteen =

Envios em 48H para todo o país! Ignorar

Help-Desk